Com Prazeroso Humor, Prefeitura De Curitiba Ganha Segui

27 Apr 2019 18:36
Tags

Back to list of posts

<h1>Twitter Est&aacute; Removendo Posts Com Prints De Televis&atilde;o Ante Raz&atilde;o De Copyright</h1>

<p>A vida como ela n&atilde;o &eacute;. E A&iacute; Fica Trabalhoso, N&eacute;? era o pensamento do estudante de jornalismo Vin&iacute;cius Lima em 2013, ao atravessar os olhos pelas imagens do Instagram. Em dezembro de 2013, essa compreens&atilde;o levou Lima e alguns amigos —&quot;uns 30, 40&quot;— a fotografar &quot;o que &eacute; invis&iacute;vel pela cidade e postar no Instagram&quot;, ou melhor, tudo que n&atilde;o se v&ecirc; retratado pra posteridade.</p>

<p>A ideia era Como Publicar Teu Neg&oacute;cio Nas M&iacute;dias sociais Em Apenas cinco Passos : desestabilizar a rotina dos seguidores na plataforma de imagens, onde pululam fotos fofas —e bem distantes da realidade. Por Que As M&iacute;dias sociais N&atilde;o Matam O E-mail Marketing brincadeira deu origem a imagens de lixo nas cal&ccedil;adas, buracos na rodovia, pr&eacute;dios abandonados, &ocirc;nibus lotado. Aquele dia ficou conhecido no grupo de Lima e seus amigos como SP Invis&iacute;vel.</p>

[[image http://pluspng.com/img-png/social-media-png-download-social-media-png-images-transparent-gallery-advertisement-1151.png&quot;/&gt;

<p>O Sete Habilidades Que Voc&ecirc; Ter&aacute; de Ter No Novo Mundo Do Servi&ccedil;o Flex&iacute;vel meses depois, em mar&ccedil;o de 2014. Lima e um comparsa, o estudante de cinema Andr&eacute; Soler, estavam lembrando das fotos de invis&iacute;veis no momento em que escolheram montar um movimento e ampliar a experi&ecirc;ncia. Surgiu da&iacute; a p&aacute;gina de Facebook SP Invis&iacute;vel. Um desses moradores de estrada &eacute; Caco, de 55 anos.</p>

<ul>
<li>1/dois cx de creme de leite</li>
<li>Compartilhe conte&uacute;do relevante</li>
<li>Conhe&ccedil;a os alimentos que todo mundo deveria ingerir mais</li>
<li>N&atilde;o fale de forma padronizada</li>
<li>Possibilidade AS REDES QUE PODER&Aacute; Preservar</li>
<li>3 Em outros pa&iacute;ses</li>
<li>4 - CORRUP&Ccedil;&Atilde;O</li>
</ul>

<p>Segundo o depoimento colhido pelo pessoal do SP Invis&iacute;vel, Caco veio pra S&atilde;o Paulo com onze anos, n&atilde;o adora ser conhecido como hippie e teve um filho que morreu atropelado enquanto corria atr&aacute;s de uma pipa. Este &eacute; o nome? Vamos fazer esse nome desenvolver-se! Bora discutir sim, tava indo agarrar uma pedra, esse papo me fez n&atilde;o comparecer. S&oacute; que &oacute;, toma cuidado com as hist&oacute;rias porque essa imprensa que t&aacute; a&iacute; n&atilde;o domina o que fala da gente. Meu nome &eacute; Eduardo Raimundo, to com 36 anos.</p>

<p>Ap&oacute;s findar aqui, vamos tocar um viol&atilde;o ali no canto, s&oacute; com finalidade de a gente se divertir. Eu vim parar aqui gra&ccedil;as a do crack. Conheci a pedra em S&atilde;o Miguel Paulista. Primeiro foi o &aacute;lcool, depois a coca&iacute;na, por&eacute;m a&iacute; eu vi que tava com inten&ccedil;&atilde;o de morrer e fiquei uns anos sem utilizar nada, s&oacute; que h&aacute; uns tr&ecirc;s anos eu voltei pras drogas e fui direto pro crack. Sou um mo&ccedil;o incontrol&aacute;vel.</p>

<p>Lembro at&eacute; hoje do dia que vim com finalidade de c&aacute;: eu e meu filho, que tinha 9 anos pela data, viemos definir umas coisas de documenta&ccedil;&atilde;o no centro e demos uma pausa com finalidade de descansar no Parque da Claridade. Enquanto ele brincava, eu falei afim de ele ficar l&aacute; que o papai neste momento voltava, ele &eacute; muito obediente e ficou. Fui s&oacute; caminhar, mas desse passeio passei na cracol&acirc;ndia, bateu uma abstin&ecirc;ncia, dei uns tragos e fiquei por l&aacute;. Depois de uma exist&ecirc;ncia de merda fumando e bebendo, fumando e bebendo, eu fui com finalidade de Santa Luzia e l&aacute; eu acordei e fui procurar a igreja cat&oacute;lica.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License